OS MÉTODOS DE DIVULGAÇÃO DA DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA NO BRASIL

Bruno Meirelles Salotti, Marina Mitiyo Yamamoto

Resumo


Um dos temas bastante discutidos recentemente no Brasil é a substituição da Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos pela Demonstração dos Fluxos de Caixa. Essa substituição está no projeto de alteração da Lei nº 6.404/76, conhecida como a “Lei das Sociedades por Ações”. Portanto, parece ser necessário discutir a Demonstração dos Fluxos de Caixa, principalmente no que se refere ao seu método de divulgação: direto ou indireto. A teoria indica que o Método Direto é mais simples de ser entendido do que o Método Indireto. Entretanto, o Método Indireto é considerado mais informativo, pois concilia lucros e caixa. Este artigo analisa a opinião de professores, analistas de mercado e contabilistas e o objetivo é identificar se um dos métodos de divulgação é preferido. Os resultados indicam que não há uma preferência específica para apenas um dos métodos de divulgação da Demonstração dos Fluxos de Caixa. Isso mostra que a escolha do método de divulgação pode ser flexível, conforme o FASB e o IASB fixaram anteriormente.

Palavras-chave: Demonstração dos Fluxos de Caixa. Divulgação. Método de Divulgação.

Palavras-chave


Demonstração dos Fluxos de Caixa. Divulgação. Método de Divulgação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.4270/ruc.20073

Locations of visitors to this page

................................................................................................................................................................................................................................................................

Revista Universo Contábil - ISSN 1809-3337
Rua Antonio da Veiga, 140, Sala D-202
CEP 89012-900, Blumenau, SC, Brasil
Tel.: +554733210938 Fax: +554733228818
e-mail: universocontabil@furb.br