AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO FINANCEIRO E DA CRIAÇÃO DE VALOR – UM ESTUDO DE CASO

Nuno Miguel Delicado Teixeira, António Gerson Cabral Amaro

Resumo


Ao longo das últimas décadas, o contexto empresarial sofreu mutações rápidas e marcantes, tendo a globalização e as inovações tecnológicas tornado a competitividade global e incrementado o risco na tomada de decisão na gestão das organizações. Neste sentido, a avaliação do desempenho financeiro e da criação de valor representam uma das áreas mais importantes no meio empresarial e por isso, o objetivo deste trabalho centra-se na identificação dos indicadores mais adequados para medir a capacidade de uma organização para criar excedentes financeiros superiores à rendibilidade exigida pelos investidores. Para tal, identificámos diferentes perspectivas e indicadores de avaliação do desempenho financeiro, bem como metodologias para se apurar o custo do financiamento da atividade, fundamental para medir a capacidade de criação de valor. Finalmente, foi realizado o estudo empírico, tendo como referência o grupo empresarial português Galp Energia, onde se calcularam os vários indicadores referenciados nas diferentes perspectivas de avaliação do desempenho financeiro e da criação de valor no período de tempo que decorreu entre 2005 e 2010. Assim, verificámos que, embora com algumas diferenças na análise, existia coerência entre as várias perspectivas estudadas, podendo, inclusivamente, obter-se os mesmos resultados matemáticos utilizando indicadores de rendibilidade, de lucros ou de fluxos de caixa. Se os princípios utilizados forem os mesmos, e desde que haja comparação com o custo do capital, o return on investment (ROI), o economic value added (EVA®) e o valor económico criado (VEC) permitem-nos ter uma análise exatamente igual do desempenho financeiro e da capacidade da criação de valor das organizações.


Palavras-chave


Desempenho financeiro; rendibilidade; fluxos de caixa; criação de valor; petróleo.

Texto completo:

doi:10.4270/ruc.2013436

Referências


ANTHONY, Robert. N.; GOVINDARAJAN, Vijay. Management control systems. 11ª Ed. New York: McGrawHill/Irwin, 2003.

AUTORIDADE DA CONCORRÊNCIA. Newsletter de acompanhamento dos mercados de combustíveis líquidos e gás engarrafado – II Semestre de 2010. Disponível em: . Acesso em: 07 Set. 2011.

BANCO DE PORTUGAL. BP stat – Estatísticas online – Quadros predefinidos – Rácios Sectoriais Europeus. Disponível em: . Acesso em: 28 de Fev. 2012.

BASSO, Leonardo F. C.; ALVES, Wagner; NAKAMURA, Wilson T. Medidas de Valor Adicionado: Um estudo do impacto das dificuldades encontradas para a estimativa do custo total de capital na opção pela utilização deste tipo de medida em empresas operando no Brasil. 2002. Disponível em: . Acesso em: 22 Fev. 2012.

BLOOMBERG RESEARCH. Ficha discriminativa do titulo – Galp Energia SGPS, SA. (valores do beta para o período de 2006 a 2010). Sistema de informação Bloomberg. Acesso em: 10 Jan. 2012a.

BLOOMBERG RESEARCH. Rendibilidade anualizada do PSI-20 (para o período de 2006 a 2010). Sistema de informação Bloomberg. Acesso em: 10 Jan. 2012a.

BOLSA.PT. Galp Energia. Disponível em: . Acesso em: 22 Fev. 2012b

DAMODARAN, Aswath. Damodaran on Valuation – Security analysis for investment and corporate finance (2ª edição). New York: John Wiley and Sons, 2005.

DAMODARAN, Aswath. Return on Capital (ROC), Return on Invested Capital (ROIC) and Return on Equity (ROE): Measurement and Implications, Jul. 2007. Disponível em: . Acesso em 22 Fev. 2011.

DESAI, Mihir A. FERRI, Fabrizio. Understanding Economic Value Added. Harvard Business Review, Rev 11, Jul. 2006.

ESPERANÇA, José, P., MATIAS, Fernanda. Finanças Empresariais. 2. Ed. Alfragide: Texto Editora, 2009.

GOMES, João M. L.; PIRES, Jorge M. R. SNC - Sistema de Normalização Contabilística - Teoria e Prática. 4. Ed. Porto: Vida Económica, 2011.

IGCP – INSTITUTO DE GESTÃO DA TESOURARIA E DO CRÉDITO PÚBLICO, (2012). Leilões de Obrigações do Tesouro. Disponível em: . Acesso em: 06 Jan. 2012.

JENSEN, Michael C. Agency costs of free cash flow, corporate finance and takeovers. American Economic Review, vol. 76, nº 2: pag. 323–329, May 1986. http://dx.doi.org/10.2139/ssrn.99580

JORDAN, Hugues; NEVES, João C.; RODRIGUES, José A. O Controlo de Gestão - Ao serviço da estratégia e dos gestores. 8. Ed. Lisboa: Áreas Editora, 2008.

KRAUTER, Elizabeth; SOUSA, Almir F. Medidas de Avaliação de Desempenho Financeiro e Criação de Valor para o Acionista: Um Estudo de Caso. In: SEMEAD - SEMINÁRIOS EM ADMINISTRAÇÃO, 10., 2007, São Paulo. Anais … São Paulo, 2007. CD-ROM.

MARTINS, António; CRUZ, Isabel; GONÇALVES, Paulo G.; SILVA, Patricia P. P.; AUGUSTO, Mário. Manual de Gestão Financeira Empresarial. Coimbra: Coimbra Editora, 2010.

MENEZES, Caldeira. Princípios de Gestão Financeira. 12. Ed. Editorial Presença: Lisboa, 2010.

MOTA, António G.; CUSTÓDIO, Cláudia. Finanças da Empresa – Manual de informação, análise e decisão financeira para executivos. 4. Ed. Lisboa: Bnomics, 2008.

NEVES, João C. Avaliação de Empresas e Negócios. Lisboa: McGraw-Hill de Portugal, 2002.

NEVES, João C. Avaliação e Gestão da Performance Estratégica da Empresa. 2. Ed. LISBOA: Texto Editora, 2011.

NEVES, João C. Análise e Relato Financeiro - Uma visão integrada de gestão 5. Ed. Lisboa: Texto Editora, 2012.

PULIDO, João G.; FONSECA, Pedro. Portugal e o Petróleo - O complexo mundo do petróleo e o seu impacto no nosso país. Lisboa: Tribuna da História, 2004.

RODRIGUES, Jorge J. M. Avaliação do Desempenho das Organizações. Lisboa, Escolar Editora, 2010.

SANTOS, António J. R. Gestão Estratégica – Conceitos, modelos e instrumentos. Lisboa: Escolar Editora, 2008.

SILVA Eduardo S.; QUEIRÓS, Mário. Gestão Financeira – Analise de Investimentos. Porto: Vida Económica, 2010.

SOLOMON, David. Divisional Performance: Measurement and Control, Homewood, Irwin, 1965.

STEWART, Bennett. The Quest for Value: A Guide for Senior Managers. New York: Harper Business, 1991.

TEIXEIRA, Nuno M. D. A rendibilidade e a criação de valor. In: ENCONTRO AECA, 13., 2008. Anais … Aveiro, 2008. CD-ROM

VASCONCELOS, Yumara L.; MATIVI, Cleiva S.; YOSHITAKE, Mariano. Indicadores de Desempenho: Realidade sobre os acrónimos utilizados na análise contabil. Editora Unijuia, nº 24: pag. 41-53, Jan./Jun. 2006.

YOUNG, David S.; O’BYRNE, Stephen F. EVA and Value-Based Management. New York, McGraw-Hill, 2001.




Locations of visitors to this page

................................................................................................................................................................................................................................................................

Revista Universo Contábil - ISSN 1809-3337
Rua Antonio da Veiga, 140, Sala D-202
CEP 89012-900, Blumenau, SC, Brasil
Tel.: +554733210938 Fax: +554733228818
e-mail: universocontabil@furb.br