DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÃO SOBRE O RISCO DE MERCADO: UM CASO DE EMPRESAS DO PSI20

Maria Teresa Venâncio Dores Alves, Mónica Lopes Graça

Resumo


As empresas com títulos cotados em bolsa são obrigadas a cumprir um conjunto de requisitos de divulgação de informação sobre o risco de mercado que resultam, entre outras, das imposições da Comissão de Mercado de Valores Mobiliários e das regras contabilísticas, em particular da Norma Internacional de Relato Financeiro (IFRS) 7 “Instrumentos Financeiros: Divulgações”. É objetivo do presente estudo verificar as práticas de divulgação de informação sobre o risco de mercado por parte das empresas do Portuguese Stock Index (PSI) 20. Para o efeito recorremos ao método da análise de conteúdo, constituindo os relatórios e contas de 2010 das empresas referidas o objeto de análise. Verificamos o cumprimento das práticas de divulgação de informação por tipo de risco de mercado, numa perspetiva qualitativa e quantitativa. Abordamos, também, a problemática da divulgação voluntária. Verificamos que, na sua grande maioria, as empresas cumprem os requisitos da IFRS 7, que a divulgação sobre o risco de taxa de juro é a mais observada e que, em geral, utilizam instrumentos derivados para minimizar os riscos de mercado.


Palavras-chave


Divulgação; risco de mercado; IFRS 7

Texto completo:

doi:10.4270/ruc.2013327

Referências


ABDELGHANY, K. E.. Disclosure of market risk or accounting measures of risk: an empirical study, Managerial Auditing Journal, v. 20, n. 8, p. 867-875. 2005. DOI: 10.1108/02686900510619692.

AGAMAH, M.. To What Extent do companies Listed on the Nigerian Stock Exchange Complywith corporate governance and Risk Management Principles, International Journal of Business and Management, v. 8, n. 14, p. 134 – 137. 2013. DOI: 10.5539/ijbm.v8n14p134.

ALTRI, SGPS, S.A.. Relatório e Contas. 2010.

ALVES, M. T. e MORAIS, A. I.. Divulgação de informação sobre o risco financeiro. O caso das empresas do PSI 20 e do IBEX 35. In: Congreso AECA – Armonización y Gobierno de la Diversidad, 13., Oviedo, Espanha. 2005. Anais…, 2005.

ALVES, T.. A importância da divulgação da informação sobre o risco do negócio [Texto policopiado]. Lisboa: [s.n.], 634 p.. Tese de Doutoramento em Gestão, Especialidade em Contabilidade, Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – ISCTE, Lisboa, 2005.

ALVES, T. Análise de conteúdo: sua aplicação nas publicações de contabilidade, Revista Universo Contábil, ISSN 1809-3337, FURB, Blumenau, v. 7, n.3, p.146-166. 2011. DOI: 10.4270/ruc.2011227.

AMRAN, A.; BIN, A. M.R.; e HASSAN, B.C.H. M.. Risk Reporting: an exploratory study on risk management disclosure in Malaysian annual reports, Managerial Auditing Journal, v. 24, n. 1. 2009. DOI: 10.1108/02686900910919893.

AMEER, R.. Value-relevance of foreign-exchange and interest-rate derivates disclosure, The case of Malaysian firms, The Journal of Risk Finance, v. I, n. 1, p.78-90. 2009. DOI: 10.1108/15265940910924517.

BARDIN, L.. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70. 1977.

BERETTA, S., BOZZOLAN, S.. A framework for the analysis of firm risk communication, The International Journal of Accounting, v. 39, p. 265–288. 2004. DOI: 10.1016//j.intacc.2004.06.006.

BORIO, C.; TSATSARONIS, K.. Risk in financial reporting: status, challenges and suggested directions, BIS Working Papers, nº 213, Bank International Settlements. 2006.

BREALEY, R.A.; MYERS S.C; ALLEN, F.. Princípios de Finanças Empresariais. 8. ed. Madrid: MacGraw-Hill, 2007.

BRISA - Auto-Estradas de Portugal, S.A.. Relatório e Contas. 2010.

CARVALHO, J.R.M.; ALBUQUERQUE, L.S.; ALMEIDA, K.K.N.; LIMEIRA, M.P.. Um estudo exploratório sobre a importância do Disclosure no âmbito do processo decisório. Disponível em:< www.revistaacademia.ccjs.ufg.edu.br/artigo6.swf>. Acesso em: 5 Nov. 2011.

Código das Sociedades Comerciais. Diário da República, 1.ª série- N.º 73 - 13 de Abril de 2011. Disponível em: . Acesso em: 6 Nov. 2012.

COMISSÃO DE MERCADO DE VALORES MOBILIÁRIOS, CMVM. Código dos Valores Mobiliários. Disponível em: < http://www.cmvm.pt>.. Acesso em: 11 de Abril de 2012.

COMBES-THUÉLIN, E; HENNERON, S.; TOURON, P.. Risk regulations and financial disclosure, An investigation based on corporate communication in French traded companies, Corporate Communications: An international Journal, v.11, n. 3, p. 303-326. 2006. DOI: 10.1108/13563280610680876.

COMMITTEE OF SPONSORING ORGANIZATIONS OF THE TREADWAY COMMISSION (COSO). Enterprise Risk Management —Integrated Framework. 2004. Disponível em: .

Acesso em: 26 Mar. 2011.

DECRETO-LEI nº 35/2005 de 17 de Fevereiro de 2005.

FEDERATION OF EUROPEAN RISK MANAGEMENT ASSOCIATIONS (FERMA). Norma de Gestão de Riscos. (2003, ISSO/IEC, Guide 73). Disponível em: . Acesso em: 28 Out. 2011.

GALP Energia, SGPS, S.A.. Relatório e Contas. 2010.

GIL, A.. Como elaborar Projectos de Pesquisa. 5. Ed. São Paulo: Atlas. 2010.

GROUT, P. A. e ZALEWSK, A.. The impact of regulation on Market risk, Journal of Financial Economics, n. 80, p. 149-184. 2005. DOI: 10.1016/j.jfineco.2005.02.006

INTERNATIONAL ACCOUTING STANDARDS BOARD (IASB). IAS 32 Instrumentos Financeiros: Apresentação. 2005. Disponível em: . Acesso em: 29 Out. 2011.

INTERNATIONAL ACCOUTING STANDARDS BOARD (IASB). IAS 39 Instrumentos Financeiros: Reconhecimento e Mensuração. 2009. Disponível em: . Acesso em: 29 Out. 2011.

INTERNATIONAL ACCOUTING STANDARDS BOARD (IASB). IFRS 7 Instrumentos Financeiros: Divulgações. 2011. Disponível em: . Acesso em: 29 Out. 2011.

JERÓNIMO MARTINS, SGPS, S.A.. Relatório e Contas. 2010.

JORION, P.. Value at Risk- The New Benchmark for managing financial risk. 3. Ed. New York: McGraw-Hill Companies. 2007.

KRETZSCHMARA, G.L.; MISUNDB, B.; HATHERLY D.. Market risks and oilfield ownership-Refining oil and gas disclosures. Energy Policy. n. 35, p. 5909–5917. 2007. DOI:10.1016/j.enpol.2007.06.007.

LIM, C. Y.; CHEE Y.; TAN, P.M.. Value relevance of value-at-risk disclosure. Springer Science-Business Media, Review of Quantitative Financial Accounting. n. 29, p. 353–370. 2007. DOI: 10.1007/s11156-007-0038-7.

LINSLEY, P.M. e SHRIVES, P. J.. Risk reporting: A study of risk disclosure in the annual reports of UK companies. The British Accounting Review. p. 387-404. 2006. DOI: 10.1016/j.bar.2006.05.002.

MATOS, J. P.. Finanças internacionais. 1. Ed. Lisboa: Editorial Presença. 1992.

MEEK, G.; ROBERTS, C.; GRAY, S.. Factors Influencing Voluntary Annual Report Disclosures by U.S., U.K. and Continental European Multinational Corporations, Journal of International Business Studies. v.26 , n. 3, p. 555-572. 1995. DOI: 10.1057/palgrave.jibs.8490186.

MOTA ENGIL, SGPS, S.A.. Relatório e Contas. 2010.

NEVES, J.C.. Avaliação de Empresas e Negócios. Lisboa: McGraw-Hill. 2002.

OTHMAN, R. e AMEER R.. Market risk disclosure: evidence from Malaysian listed firms, Journal of Financial Regulation and compliance. v. 17, n. 1, p. 57-69. 2009. DOI: 10.1108/13581980910934045.

PAPA, V. e PETERS, S. User Perspectives on Financial Instrument Risk Disclosures under IFRS. Chartered Financial Analysts (CFA) Institute. Disponível em: . Acesso em: 15 de Setembro de 2013.

PORTUCEL - Empresa Prod.de Pasta de Papel, S.A.. Relatório e Contas. 2010.

PORTUGAL TELECOM, SGPS, S.A.. Relatório e Contas. 2010.

REN - Redes Energéticas Nacionais, SGPS, S.A..Relatório e Contas. 2010.

SEMAPA - Soc.Inv. E Gestão, SGS, S.A.. Relatório e Contas. 2010.

SILVA, E. e MENEZES, E.. Metodologia da Pesquisa e Elaboração de dissertação. Disponível em: . Acesso em: 30 de Maio de 2012.

SONAE INDÚSTRIA, SGPS, S.A.. Relatório e Contas. 2010.

SONAECOM, SGPS, S.A.. Relatório e Contas. 2010.

SONAE, SGPS, S.A., (2010). Relatório e Contas.

UNIÃO EUROPEIA (UE). Regulamento (CE) Nº 1606 do Parlamento Europeu e do Conselho de 19 de Julho de 2002. Jornal Oficial da União Europeia de 11.09. 2002.

UNIÃO EUROPEIA (UE). Regulamento (CE) Nº 1126/2008 da Comissão de 3 de Novembro de 2008. Jornal Oficial da União Europeia de 29.11.2008.

UNIÃO EUROPEIA (UE). Regulamento (CE) Nº 1165/2009 da Comissão de 27 de Novembro de 2009. Jornal Oficial da União Europeia de 1.12.2009.

UNIÃO EUROPEIA (UE). Regulamento (UE) Nº 149/2011 da Comissão de 18 de Fevereiro de 2011. Jornal Oficial da União Europeia de 19.2.2011.

ZON MULTIMÉDIA – Serviços de Telecomunicações e Multimédia, SGPS, S.A.. Relatório e Contas. 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.4270/ruc.20139

Locations of visitors to this page

................................................................................................................................................................................................................................................................

Revista Universo Contábil - ISSN 1809-3337
Rua Antonio da Veiga, 140, Sala D-202
CEP 89012-900, Blumenau, SC, Brasil
Tel.: +554733210938 Fax: +554733228818
e-mail: universocontabil@furb.br