A EVIDENCIAÇÃO SOCIAL VOLUNTÁRIA E O ACIDENTE NUCLEAR DE FUKUSHIMA: UM ESTUDO DE CASO DA ELETRONUCLEAR

Marlon Cruz Ferreira, Adolfo Henrique Coutinho e Silva, Manoel Marcondes Machado Neto

Resumo


Diante de fatos que expõem negativamente determinado produto ou serviço, como o acidente nuclear de Fukushima, a teoria da legitimidade afirma que as empresas tendem a se utilizar de estratégias que visem recuperar sua legitimidade perante a sociedade mediante a divulgação voluntária de informações que demonstrem responsabilidade social em suas atividades. Assim, este estudo tem por objetivo realizar uma pesquisa exploratória nos relatórios da Eletrobrás Termonuclear S.A. (Eletronuclear) referentes aos exercícios de 2006 a 2010, a fim de verificar como a empresa se utilizou da evidenciação voluntária para solucionar questões negativas relacionadas às suas atividades. Os resultados sugerem, consistentemente com os estudos realizados anteriormente, que os administradores da empresa, consciente ou inconscientemente, aumentaram a evidenciação de seus relatórios da administração nas categorias meio ambiente, produto e energia, e utilizaram, no período analisado, as segunda e terceira estratégias de evidenciação propostas por Lindblom (1994). Ademais, após o acidente, incrementaram a evidenciação voluntária com o aperfeiçoamento do seu relatório de sustentabilidade e a elaboração de outros documentos correlatos. O resultado observado no estudo de caso contribui para a literatura na medida em que demonstra que podem não existir diferenças significativas entre as estratégias de evidenciação social utilizadas por (1) empresas públicas e privadas; e (2) empresas causadoras de acidentes ambientais e aquelas outras que participam do mesmo setor de atividade, na busca pela manutenção de sua legitimidade social frente a questionamentos sociais sobre sua atividade ou produtos e serviços por elas comercializados, observando-se épocas distintas, sobretudo nas últimas três décadas.

Palavras-chave


Evidenciação Social Voluntária; Responsabilidade Social; Estratégias de Evidenciação; Teoria da Legitimidade.

Texto completo:

doi:10.4270/ruc.2012432

Referências


BBC. Disponível em: . Acesso em: 21 Ago. 2011.

BEUREN, I. M.; HEIN, N.; BOFF, M. L. Estratégias de Legitimidade Organizacional de Lindblom versus Geração Familiar Gestora de Empresas Familiares. Revista Iberoamericana de Contabilidad de Gestión, v. IX, n. 17, jan./jun. 2011.

BRASIL. Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976. Dispõe sobre as sociedades por ações. Disponível em: . Acesso em: 11 set. 2011.

CHO, C. H.; PATTEN, D. M. The role of environmental disclosures as tools of legitimacy: a research note. Accounting, Organizations and Society, v. 32, n. 7-8, p. 639-647, oct./nov. 2007. http://dx.doi.org/10.1016/j.aos.2006.09.009.

COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS. Parecer de Orientação 015, de 28 de dezembro de 1987. Procedimentos a serem observados pelas companhias abertas e auditores independentes na elaboração e publicação das demonstrações financeiras, do relatório da administração e do parecer de auditoria relativos aos exercícios sociais encerrados a partir de dezembro de 1987. Disponível em: < http://www.cvm.gov.br/>. Acesso em: 11 set. 2011.

DOMENCH, P. A. La Divulgación de la Información Social y Medioambiental de la Gran Empresa Española en El Período 1994-1998: situación actual e perspectivas. Revista Española de Financiación y Contabilidad, Espanha, v. XXXII, n. 117, p. 571-601, abr./ jun. 2003.

ELETRONUCLEAR - ELETROBRAS TERMONUCLEAR S.A. Disponível em: . Acesso em: 01 jun. 2011.

FOLHA DE SÃO PAULO. Disponível em: . Acesso em: 21 ago. 2011.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

IAEA. International Atomic Energy Agency. Briefing on Fukushima Nuclear Accident. 12 mar. 2011a. Disponível em: . Acesso em: 20 jun. 2011.

_____. International Atomic Energy Agency. Briefing on Fukushima Nuclear Accident. 12 apr. 2011b. Disponível em: . Acesso em: 20 jun. 2011.

LINDBLOM, C. K. The implications of organizational legitimacy for corporate social performance and disclosure. Critical Perspectives on Accounting. In: Critical Perspectives on Accounting Conference. New York. 1994.

O’DONOVAN, Gary. Environmental disclosures in annual report. Extending the applicability and predictive power of legitimacy theory. Accounting, Auditing & Accountability Journal. v. 15, n. 3, p. 344-371, 2002. http://dx.doi.org/10.1108/09513570210435870.

O GLOBO. Disponível em: . Acesso em: 21 ago. 2011.

PATEL, A.; XAVIER, R. Legitimacy challenged: James Hardie Industries and the asbestos case. The Annual Meeting of the Australian and New Zealand Communication Association, Christchurch, New Zealand, p. 1-14, jul. 2005.

PATTEN, Dennis M. Intra-industry environmental disclosures in response to the Alaskan oil spill: a note on legitimacy theory. Accounting, Organizations and Society. v. 17, n. 5. p. 471-475, 1992. http://dx.doi.org/10.1016/0361-3682(92)90042-Q.

PEREIRA, Antonio Gualberto; DIAS FILHO, José Maria; BRUNI, Adriano Leal; SAMPAIO, Marcio Santos. Legitimidade Corporativa em empresas pertencentes a indústrias ambientalmente sensíveis: um estudo empírico com empresas que negociam ações na Bovespa. In: CONGRESSO USP DE CONTROLADORIA E CONTABILIDADE, 11., 2011, São Paulo/SP. Anais... Disponível em: . Acesso em: 01 jun. 2011.

SALOTTI, B. M.; YAMAMOTO M. M. Divulgação voluntária da demonstração dos fluxos de caixa no mercado de capitais brasileiro. Revista Contabilidade & Finanças, v. 19, n. 48, dez. 2008. http://dx.doi.org/10.1590/S1519-70772008000300004.

SANCOVSCHI, M.; SILVA, A. H. C. Evidenciação social corporativa: estudo de caso da Empresa Petróleo Brasileiro S.A. Sociedade, Contabilidade e Gestão, v. 1, n. 1, 2006.

SCHRAMM, Wilbur; MAYO, John. Notes on case studies of instructional media projects. Working paper. Stanford University, California Inst. for Communication Research, 1971. Disponível em: . Acesso em: 07 ago. 2011.

SILVA, A. H. C. Evidenciação Social Corporativa: estudo de caso longitudinal das empresas Petróleo Brasileiro S.A. e Souza Cruz S.A. 2003. 116 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) – Faculdade de Administração e Ciências Contábeis, Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2003.

SUCHMAN, M. Managing legitimacy: strategic and institutional approaches. Academy of Management Review, v. 20, p. 571-610, 1995. http://dx.doi.org/10.5465/AMR.1995. 9508080331.

VALOR ECONÔMICO. Disponível em: . Acesso em: 21 ago. 2011.

WATTS, R. L.; ZIMMERMAN, J. L. Positive accounting theory: a ten year perspective. The Accounting Review, v. 65, n. 1, 1990, p. 131-156.




Locations of visitors to this page

................................................................................................................................................................................................................................................................

Revista Universo Contábil - ISSN 1809-3337
Rua Antonio da Veiga, 140, Sala D-202
CEP 89012-900, Blumenau, SC, Brasil
Tel.: +554733210938 Fax: +554733228818
e-mail: universocontabil@furb.br