A ANÁLISE FINANCEIRA FUNDAMENTALISTA NA PREVISÃO DE MELHORES E PIORES ALTERNATIVAS DE INVESTIMENTO

Adilson de Lima Tavares, César Augusto Tibúrcio Silva

Resumo


Este artigo investiga se a Análise Financeira Fundamentalista (AFF) é capaz de segregar grupos de melhores e piores alternativas de investimentos a partir da previsão de variações do valor de mercado das empresas não-financeiras listadas na Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA). As amostras do estudo correspondem a 2/3 das empresas com dados disponíveis no banco de dados da Economática nos anos de 2005, 2006 e 2007, e estão divididas em dois grupos: Perdedoras e Vencedoras. Foram selecionados 23 Índices Econômico-Financeiros (IEF) tradicionais, comumente utilizados por analistas e pesquisadores nas avaliações de oportunidades de investimento. O tratamento econométrico dos dados foi realizado com o uso da Regra do Qui-quadrado Mínimo e da Análise Discriminante. Constatou-se que um número bastante reduzido de IEF apresentou significância estatística à diferenciação entre as empresas integrantes das amostras. Apesar disso, as classificações corretamente previstas nos três exercícios sociais alcançaram níveis satisfatórios, indicando que o uso da AFF contribui para melhorar os resultados das decisões de investimentos. Conclui-se que é possível aceitar a hipótese de que a AFF é capaz de prever variações de valor da empresa, contribuindo para a escolha entre melhores e piores alternativas de investimentos no mercado de ações brasileiro.


Palavras-chave


Análise Fundamentalista; Índices Econômico-Financeiros; Regra do Qui-quadrado Mínimo; Valor da Empresa.

Texto completo:

doi:10.4270/ruc.2012103

Referências


ANJOS, Vera Marleide Loureiro dos. A utilidade das demonstrações contábeis para a tomada de decisão sob a ótica dos analistas de investimentos e profissionais de relações com investidores – RI. 2008. 111 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) - Universidade de Brasília, Brasília, 2008.

ASSAF NETO, Alexandre. Finanças corporativas e valor. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

ASSAF NETO, Alexandre; SILVA, César Augusto Tibúrcio. Administração do capital de giro. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

BESLEY, Scott; OSTERYOUNG, Jerome S. Determining trade credit default probabilities using the minimum chi-square rule. In: KIM, Young; SRINIVASAN, Venkat. Advances in working capital management. Greenwich: JAI Press., 1991. v. 2. pp. 173-195.

BETTMAN, Jenni L.; SAULT, Stephen J.; WELCH, Emma L. Fundamental and technical analysis: substitutes or compliments? 2006. Disponível em: . Acesso em: 1 nov. 2009. http://dx.doi.org/10.2139/ssrn.899879.

CHAN, Louis K. C.; HAMAO, Yasushi; LAKONISHOK, Josef. Fundamentals and stock returns in Japan. The Journal of Finance, v. 46, n. 5, p. 1739-1764, Dec., 1991. http://dx.doi.org/10.2307/2328571.

CLUBB, Colin; NAFFI, Mounir. The Usefulness of Book-to-Market and ROE Expectations for Explaining UK Stock Returns. Journal of Business Finance & Accounting, n. 34, p. 1-32, Jan./Mar., 2007. http://dx.doi.org/10.1111/j.1468-5957.2006.00662.x

FERNÁNDEZ, Pablo; REINOSO, Laura. Shareholder value creators and shareholder value destroyers in USA. Year 2001. (2002). Disponível em: . Acesso em: 12 jun. 2008. . http://dx.doi.org/10.2139/ssrn.298218.

FOSTER, George. Financial statement analysis. 2nd. ed. New Jersey: Prentice-Hall, 1986.

GASPARETTO, Valdirene. O papel da contabilidade no provimento de informações para a avaliação do desempenho empresarial. Revista Contemporênea de Contabilidade. v. 1, n. 2, p. 11-40, jul./dez. 2004.

HAIR, Joseph F. Jr et al. Análise multivariada de dados. Tradução Adonai Schlup Sant’Anna. 6. ed. Porto Alegre: Bookman, 2009.

KOTHARI, S. P. Capital markets research in accounting. Journal of Accounting and Economics, n. 31, p. 105-231, 2001. http://dx.doi.org/10.1016/S0165-4101(01)00030-1

LEMES JÚNIOR, Antônio Barbosa; RIGO, Cláudio Miessa; CHEROBIM, Ana Paula Mussi Szabo. Administração financeira: princípios, fundamentos e práticas brasileiras. Rio de Janeiro: Campus, 2002.

LOPES, Alexsandro Broedel; GALDI, Fernando Caio. Does financial statement analysis generate abnormal returns under extremely adverse conditions? 2006. Disponível em: . Acesso em: 12 jun. 2008.

LYRA, Ricardo Luiz Wüst Corrêa de. Análise hierárquica dos indicadores contábeis sob a óptica do desempenho empresarial. São Paulo, 2008. 171 f. Tese (Doutorado em Controladoria e Contabilidade) – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.

MYER, John N. Análise das demonstrações financeiras. Tradução de Danilo Ameixeiro Nogueira. São Paulo: Atlas, 1976.

MILTERSTEINER, Marcelo da Rosa. A validade estatística do uso de índices fundamentalistas no mercado de capitais brasileiro: um estudo aplicado ao setor bancário. Florianópolis, 2006, 85f. Dissertação (Mestrado em Engenharia da Produção) – Universidade Federal de Santa Catarina, Santa Catarina, 2006.

OLSON, Dennis; MOSSMAN, Charles. Neural network forecasts of Canadian stock returns using accounting ratios. International Journal of Forecasting, n. 19, p. 453-465, 2003. http://dx.doi.org/10.1016/S0169-2070(02)00058-4

PALEPU, Krishna G.; HEALY, Paul M.; BERNARD, Victor. L. Business analysis & valuation: using financial statements – text and cases. 3. ed. Ohio: South-Western College Publishing, 2004.

PENMAN, Stephen H. The quality of financial statements: perspectives from the recent Stock Market Bubble. Accounting Horizons, Supplement, p. 77-96, 2003. http://dx.doi.org/10.2308/acch.2003.17.s-1.77

PINTO, Juliana; HEIN, Nelson. Rough sets na análise da solvência de empresas do setor têxtil. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO, 32., 2008, Rio de Janeiro. Anais ... Rio de Janeiro: ANPAD, 2008. 1 CD-ROM.

PIOTROSKI, J. D. Value investing: the use of historical financial statement information to separate winners from losers. Journal of Accounting Research, v. 38, Suplement: studies on accounting information and the economics of the firm, p. 1-41, 2000. http://dx.doi.org/10.2307/2672906

QUIRIN, Jeffrey J.; BERRY, Kevin T.; O’BRYAN, David. A fundamental analysis approach to oil and gas firm valuation. Journal of Business Financial & Accounting, v. 27, n. 7-8, Sep./Oct., 2000. http://dx.doi.org/10.1111/1468-5957.00335.

TATSUOKA, Maurice M. Multivariate analysis: techniques for educational and psychological research. New York: John Wiley & Sons, 1971.

THOMSETT, Michael C. Mastering fundamental analysis: how to spot trends and pick winning stocks using fundamental analysis. Chicago: Dearborn Financial Publishing, 1998.




Locations of visitors to this page

................................................................................................................................................................................................................................................................

Revista Universo Contábil - ISSN 1809-3337
Rua Antonio da Veiga, 140, Sala D-202
CEP 89012-900, Blumenau, SC, Brasil
Tel.: +554733210938 Fax: +554733228818
e-mail: universocontabil@furb.br