USO DA CONTABILIDADE PARA OBTENÇÃO DE FINANCIAMENTO PELAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS: UM ESTUDO A PARTIR DA PERCEPÇÃO DOS GESTORES

Luiz Carlos Marques dos Anjos, Luiz Carlos Miranda, Daniel José Cardoso da Silva, Aline Rúbia Ferraz de Freitas

Resumo


Este estudo investiga como os micro e pequenos empresários percebem a utilidade da informação contábil na obtenção de crédito junto aos bancos. Um estudo, com questionário estruturado, foi realizado junto aos micro e pequenos empresários localizados na região Nordeste do Brasil, durante os meses de julho e agosto de 2009. Os questionários foram aplicados pessoalmente pelos pesquisadores no intuito de serem obtidos dados qualitativos que permitissem uma percepção mais completa da realidade estudada. A amostra foi definida por conveniência e é composta de 122 empresas (34 em Recife e 88 em Maceió). A análise dos dados foi realizada empregando estatística descritiva, com base na utilização de medidas de posição e dispersão e testes não-paramétricos. A utilização da informação contábil ou consulta ao contador externo à empresa é percebida como útil, para aquelas empresas que têm gestores com mais experiência no negócio ou com maior grau de escolaridade, logo as hipóteses nulas que testaram o impacto do grau de escolaridade do gestor na sua percepção da utilidade da contabilidade para obtenção de financiamento e se o gestor percebe a utilidade da contabilidade como útil para obter financiamento foram rejeitadas. A principal fonte de recursos no início dos negócios provém das finanças pessoais. Aqueles que têm utilizado a informação contábil no processo de obtenção de financiamento a percebem mais útil que os demais. O contador é visto como a principal fonte de informações para a tomada de decisão no negócio, entretanto o relacionamento pessoal com o gerente do banco é considerado mais eficaz para conseguir a aprovação do empréstimo.


Palavras-chave


Micro e Pequenas Empresas; Informação Contábil; Financiamento; Serviços Contábeis; MPE.

Texto completo:

doi:10.4270/ruc.2012106

Referências


ALLEE, Kristian D.; YOHN, Teri Lombardi. The demand for financial statement in an unregulated environment: an examination of the production and use of financial statements by privately held small businesses. The Accounting Review, v. 84. n. 1, p. 1-25, 2009. http://dx.doi.org/10.2308/accr.2009.84.1.1

BANK OF ENGLAND. Quaterly report on small business statistics, october 2003. Disponível em: . Acesso em: 15 maio 2009.

BECK, Thorsten; KUNT, Asli D. Small and medium-size enterprises: access to finance as a growth constraint. Journal of Banking & Finance, v. 30, p. 2931-2943, 2006. http://dx.doi.org/10.1016/j.jbankfin.2006.05.009

BERGER, Allen N. UDELL, Gregory F. A more complete conceptual framework for SME finance. Journal of Banking & Finance, v. 30, p. 2945-2966, 2006. http://dx.doi.org/10.1016/j.jbankfin.2006.05.008

BANCO NACIONAL DO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL (BNDES). Porte de empresa. 2002. Disponível em: . Acesso em: 06 mar. 2009.

BRASIL. Decreto no 5.028, de 31 de março de 2004. Disponível em: . Acesso em: 06 mar. 2009.

BRASIL. Lei Complementar no 123, de 14 de dezembro de 2006. Estatuto nacional da microempresa e da empresa de pequeno porte. Disponível em: . Acesso em: 06 mar. 2009.

BRAGG, Steven M; BURTON, E. James. Accounting and finance for your small business. 2 ed. Nova Iorque: John Wiley & Sons, 2006.

CANECA, Roberta L. Oferta e procura de serviços contábeis para micro, pequenas e médias empresas: um estudo perceptivo das percepções dos empresários e contadores. 2008. 178 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) – Programa Multiinstitucional e Inter-Regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da UnB/UFPE/UFPB/UFRN, Brasília, 2008.

CASSAR, Gavin; HOLMES, Scott. Capital structure and financing of SMEs: Australian evidence. Accounting and Finance, v. 43. p. 123-147, 2003. http://dx.doi.org/10.1111/1467-629X.t01-1-00085

CEZARINO, L. O.; CAMPOMAR, M. C. Vantagem competitiva para micro, pequenas e médias empresas: clusters e APLs. In: ENCONTRO DE ESTUDOS SOBRE EMPREENDEDORISMO E GESTÃO DE PEQUENAS EMPRESAS, 4., Curitiba, 2005. Anais eletrônicos... Curitiba: UEM/UEL-PUC-PR, 2005. 1 CD-ROM.

DIEHL, Astor A.; TATIM, Denise C. Pesquisa em ciências sociais aplicadas: métodos e técnicas. São Paulo: Pearson/Prentice Hall, 2004.

GARÓFALO, Gílson de L. As micro e pequenas empresas brasileiras em um contexto de desenvolvimento econômico – realidade brasileira e confronto com Portugal. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE ECONOMIA APLICADA, 23., 2009 Covilhã. Anais... Covilhã, 2009.

HAMILTON, Robert T. FOX, Mark A. The financial preferences of small firm owners. International Journal of Entrepreneurial Behaviour & Research, v. 4. n. 3. p. 239-248, 1998. http://dx.doi.org/10.1108/13552559810235529

HUSSAIN, Javed; MILLMAN, Cindy; MATLAY, Harry. SME financing in the UK and China: a comparative perspective. Journal of Small Business and Enterprise Development, v. 13, n. 4, p. 584-589, 2006. http://dx.doi.org/10.1108/14626000610705769

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). As micro e pequenas empresas comerciais e de serviços no Brasil – 2001. Rio de Janeiro: IBGE, 2003.

LEITE, Daniela Cíntia de Carvalho. Investigação sobre a medição de desempenho em pequenas empresas hoteleiras do nordeste brasileiro. 2004. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) – Programa Multiinstitucional e Inter-Regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da UnB/UFPE/UFPB/UFRN, Brasília, 2004.

LUCENA, Wenner G. L. Uma contribuição ao estudo das informações contábeis geradas pelas micro e pequenas empresas localizadas na cidade de Toritama no agreste pernambucano. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) – Programa Multiinstitucional e Inter-Regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da UnB/UFPE/UFPB/UFRN, Brasília, 2004.

MARION, José Carlos. Contabilidade empresarial. 10 ed. São Paulo: Atlas, 2003.

MARTINS, Gilberto de Andrade. Manual para elaboração de monografias e dissertações. 3 ed. São Paulo: Atlas, 2007.

MIRANDA, Luiz Carlos; LIBONATI, Jeronymo José; FREIRE, Deivisson R.; SATURNINO, Odilon. Demanda por serviços contábeis pelos micro e pequenos supermercados: são os contadores necessários? In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 16., 2007, João Pessoa. Anais eletrônicos... São Leopoldo: ABC, 2007. 1 CD-ROM.

OLEIRO, Walter N; DAMEDA, André das N.; VICTOR, Fernanda G. O uso da informação contábil na gestão das micro e pequenas empresas atendidas pelo programa de extensão empresarial NEE/FURG. Sinergia, v. 11, n. 1, p. 37-47, 2007.

OLIVEIRA, Antonio G.; MÜLLER, Aderbal N.; NAKAMURA, Wilson T. A utilização das informações geradas pelo sistema de informação contábil como subsídio aos processos administrativos nas pequenas empresas. Revista FAE, v. 3, n. 3, p. 1-12, 2000.

ORTIGARA, Anacleto A. Causas que condicionam a mortalidade e/ou o sucesso das micro e pequenas empresas no estado de Santa Catarina. 2006. Tese (Doutorado em Engenharia da Produção) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia da Produção, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2006.

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS (SEBRAE). 10 anos de monitoramento da sobrevivência e mortalidade das empresas. São Paulo: Sebrae, 2008.

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS (SEBRAE). Onde estão as micro e pequenas empresas no Brasil. São Paulo: Sebrae, 2006. Disponível em: . Acesso em: 02 mar. 2009.

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS (SEBRAE). Sobrevivência e mortalidade das empresas paulistas de 1 a 5 anos. São Paulo: Sebrae, 2005. Disponível em: . Acesso em: 21 jan. 2009.

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS (SEBRAE). Fatores condicionantes e taxas de sobrevivência e mortalidade das micro e pequenas empresas no Brasil: 2003 - 2005. Brasília: Sebrae, 2007. Disponível em: . Acesso em: 02 mar. 2009.

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS (SEBRAE). Boletim estatístico das micro e pequenas empresas. São Paulo: Sebrae, 2005. Disponível em: . Acesso em: 21 jan. 2009.

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS (SEBRAE). Fatores condicionantes da mortalidade de empresas no Brasil. Brasília: Sebrae, 2004. Disponível em: . Acesso em: 02 mar. 2009.

STEIN, Jeremy C. Information production and capital allocation: decentralized versus hierarchical firms. The Journal of Finance, v. 57, n. 5, p. 1891-1921, 2002. http://dx.doi.org/10.1111/0022-1082.00483

STEVENSON, William J. Estatística aplicada à administração. São Paulo: Harbra, 2001.

UCHIDA, Hirofumi; UDELL, Gregory F; YAMORI, Nobuyoshi. SME financing and the choice of lending technology. Discussion Paper. Wakayama University, 2006. Disponível em: . Acesso em: 06 mar. 2009.

UEDO, Rodrigo B.; CASA NOVA, Silvia P. Um estudo sobre a percepção do micro e pequeno empresário sobre a importância da contabilidade no processo de tomada de decisão. In: SEMINÁRIO DE ADMINISTRAÇÃO, 9., São Paulo, 2006. Anais eletrônicos... Disponível em: . Acesso em: 15 fev. 2009.

UMBELINO, Wesley Serbim. Avaliação qualitativa do desequilíbrio da oferta e demanda de serviços contábeis nas micro, pequenas e médias empresas da grande Recife. 2008. 78f. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) – Programa Multiinstitucional e Inter-Regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da UnB/UFPE/UFPB/UFRN, Brasília, 2008.




DOI: http://dx.doi.org/10.4270/ruc.20128

Locations of visitors to this page

................................................................................................................................................................................................................................................................

Revista Universo Contábil - ISSN 1809-3337
Rua Antonio da Veiga, 140, Sala D-202
CEP 89012-900, Blumenau, SC, Brasil
Tel.: +554733210938 Fax: +554733228818
e-mail: universocontabil@furb.br