Formação socioeconômica de Blumenau: uma análise sob múltiplas escalas

Vanessa Follmann Jurgenfeld

Resumo


O objetivo deste artigo é, a partir de uma análise sob múltiplas escalas, discutir a formação socioeconômica de Blumenau. No marco teórico das múltiplas escalas, uma realidade social é estudada a partir de diferentes determinantes históricos, percorrendo desde a escala global até a escala local, evitando pesos excessivos a uma endogenia local, muito presente em análises regionais neoclássicas. Trata-se aqui de entender a formação socioeconômica de Blumenau não somente a partir do que ocorre no restrito espaço de Blumenau, mas também nas suas relações com o Estado de Santa Catarina, com o Brasil, com a Alemanha e com o capitalismo global. O período histórico compreendido por este artigo vai de 1850, quando se inicia a colonização de Blumenau, até 1945, quando há uma consolidação do setor industrial na localidade.


Palavras-chave


Blumenau; formação socioeconômica; múltiplas escalas.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.7867/2317-5443.2017v5n3p005-030


© 2017 Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional
Universidade Regional de Blumenau
http://www.furb.br/rbdr